E pra adoçar, o que é melhor usar?

Açúcar, adoçante? Qual? Quanto?

Bom, primeiro vamos entender que é tudo uma questão de HABITUAR o paladar.

O vício e a busca incessante pelo doce foram criadas e estipuladas por você mesmo. 

Lembra do post sobre Dopamina e Serotonina? Entoooncess.. criamos VÍCIOS né?

Voce criou isso, portanto, cabe a você acabar e perder esse hábito.

Presta atenção na diferença de todos eles e faça sua escolha 🙂

Açúcar refinado: é o pior, pois foi tão refinado, que perdeu todos os nutrientes e contem apenas calorias vazias. Além do mais, contem aditivos químicos como o enxofre.

Açúcar mascavo: extraído do cozimento do caldo de cana. Não passa por refinamento e mantem alguns dos nutrientes.

Açúcar demerara: passa por um processo de refinamento mais leve e não leva aditivos químicos. É o mais nutritivo até então.

Açúcar de coco: é o melhor, sem dúvidas. É extraído do coco e possui baixo índice glicêmico, além de ser menos calórico e super saboroso.

Mas ainda assim, AÇÚCAR! E o açúcar tem o poder de causar dependência sim.

Eu peço para sempre optarem por paladar menos doce, mas óbvio que em uma receita ou outra, precisamos de uma alternativa né?

É ai que entram os ADOÇANTES. Tambem conhecidos como EDULCORANTES, possuem o poder de adoçar tanto ou até mais do que o açúcar.

Mas ai temos duas classes:

Adoçantes Artificiais:  Sacarina, Ciclamato, Sucralose, Aspartame…

Adoçantes Naturais:  Stevia, Xylitol, Taumatina, Eritritol…

Mas atenção. Adoçante artificial NÃO!!!

Os mais comuns hoje em dia são:

Aspartame: ao cair na corrente sanguínea, gera ácido fórmico, que é utilizado para matar formigas e ainda lesa o Sistema Nervoso Central.

  • ïMais de 5 mil produtos encontrados no mercado, são adoçados com este.
  • ïÉ responsável por diversos efeitos colaterais, como tonturas, vertigem, enxaqueca, depressão, hiperatividade…

Sucralose: é o adoçante mais vendido no mundo, pois contem o melhor paladar e aceitabilidade.

Porém, entretanto, contudo e todavia, é um INSETICIDA. A maioria dos estudos feitos com ele, foi realizado em ratos, portanto, não se sabe ao certo o seu efeito após muito tempo de consumo.

E os naturais?

Stevia: proveniente de uma planta que tem poder de adoçar 300x mais do que o açúcar. Não contem calorias e não eleva insulina, PORÉM, deixa um gosto residual, onde muitos acabam preferindo nem consumir.

Xylitol: encontrado nas fibras de vegetais e frutas. Não tem gosto residual, porém possui valor calórico (bem baixinho, ta?). O

Atenção a quem possui problemas intestinais, pois ele pode causar flatulências e se consumido em altas doses, tem efeito laxativo.

Taumatina: é uma mistura de proteínas provenientes de uma planta e tem zero calorias. Foi liberada em 2008 pela ANVISA e seu consumo é totalmente seguro para o ser humano.

Eritritol: é um poliol sem calorias e com ótimo sabor. Adoça sem deixar o gostinho amargo e não causa aumento de insulina, sendo recomendado também para diabéticos.

Tem diversos outros, mas esses são os que estão mais na moda atualmente.

Vale lembrar que é tudo uma questão de ADAPTAÇÃO.

Se você usa 3 gotinhas de adoçante para adoçar o seu café, diminua para 2 e depois para 1.

O importante é tentar se livrar do vício e criar um novo paladar, ai você vai saber o real sabor dos alimentos.

No comments so far.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Website Field Is Optional