Aqui em casa eu e o Gui costumamos fazer o nosso próprio desodorante (receita no fim), já que sabemos de todos os malefícios dos produtos prontos e dos antitranspirantes.

Mas, eu sei que muita gente ainda não se deu conta e nem fez essa mudança no dia a dia, por isso vim explicar o pq deles serem tão ruins.

Os desodorantes convencionais contem Cloridrato de Alumínio, que vem sendo apontado como possível cancerígeno e disruptor endócrino.

Alguns estudos relacionam algumas doenças auto imunes e inflamatórias com o uso deste, mas o que mais chama a atenção é a relação com o câncer de mama em mulheres.

Um outro ponto que vale a pena ficar atento, é o fato de terem função anti transpirante, ou seja, inibe o suor da axila e evita que a transpiração ocorra.

MAS, temos que nos lembrar que a transpiração é um mecanismo natural do nosso corpo e uma forma de eliminar toxinas. 

Essa ação do desdorante acaba entupindo as glândulas sudoríparas e dai surge a relação com câncer de mama e outras doenças, como Alzheimer e Parkinson.

Ao contrário do que todos pensam, suor não é fedido e não tem cheiro ruim. O que causa o mau cheiro é o desequilíbrio de microorganismos que estão presentes no organismo. 

Ou seja, ao invés de se preocupar somente com o cheiro ruim, o ideal é se preocupar com o equilíbrio destes microorganismos e processos de destoxificação do corpo. 

Convenci vocês??

Então vamos pra nossa receitinha de desodorante caseiro…

Quero ressaltar que, algumas pessoas podem sentir o desconforto no começo, pois ele não segura tanto a transpiração quanto o desodorante que você estava acostumado. 

  • 250ml de água 
  • 200ml de leite de magnésia
  • 1 colher de sopa de óleo de coco derretido
  • 1 colher de café rasa de bicarbonato de sódio
  • 5-6 gotinhas de óleo essencial

Misture tudo em um pote com borrifador. Chacoalhe bem e vá utilizando no dia a dia.

No comments so far.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Website Field Is Optional