12 dias no Paraíso !

Foram 12 dias de aventuras, conhecimento, história e muitos lugares MÁGICOS !

Queria poder dizer o meu roteiro ao certo pra voces, mas a verdade é que não teve roteiro. Nossa viagem foi totalmente sem programação.

Resolvemos nos aventurar e criar tudo na hora, desde as cidades até a estadia.

 

O plano incial nós já tinhamos. Chegaríamos em Roma e lá aproveitaríamos os 3 primeiros dias. E depois? TOSCANA, here we go ! E assim o fizemos… Pegamos o carro e mandamos bala.

Aliás, se posso dar uma dica pra voces é essa: SÓ VAI! 

Na Itália voce não tem que ter medo de dar errado, pois até o mais errado, acaba sendo perfeitamente certo.

 

E tudo começou…

Embarcamos no dia 17 para Roma e chegamos no dia 18 a noite.

Os primeiros dias foram de pura peregrinação pela cidade. Caminhávamos cerca de 12-15km por dia.

  • Não tem condições de andar de carro em Roma. As ruas são um caos, o trânsito um tumulto e é impossível achar vaga na rua.

Dica: Compre o Roma Pass – É um ticket que da direito a transporte público e entrada em alguns pontos turísticos. O mais vantajoso é que voce tambem fura algumas filas e consegue se locomover com muita facilidade.

Voce pode escolher o de 48hrs ou 72hrs. Eles são vendidos em pontos específicos ou on line (www.romapass.it). Vale SUPER a pena.

 

Do dia 18 ao dia 21 fizemos Roma inteira a pé. Conhecemos os pontos turísticos, nos aventuramos em ruazinhas e passeamos muito (ou melhor, camelamos né? haha).

 

No dia 22, chegou a hora de pegar o Chamego (nosso super carrinho – um Corsinha mara, que alugamos pela internet) e partir sem destino pelas belas estradas da TOSCANA!

Dica: Alugue o carro antes, pois se o fizer na hora, o valor acaba sendo mais alto. Procure tambem algum ponto próximo a voce, pois as vezes pode ser furada pegar o carro muito longe.

Nós alugamos pelo Auto Europe (www.autoeurope.com) e pagamos um preço ótimo, com direito a seguro e tudo mais.

Eis que partimos. E fomos parando em algumas cidadezinhas, fosse por recomendação ou fosse pelo simples fato de acharmos ela charmosa.

E pela Toscana é bem assim… Tudo tão incrível que dá vontade de parar em cada cantinho.

E nossas paradas foram…

1- Civitá de Bagnoregio – uma cidadezinha minúscula, onde nem carro entra. Voce precisa estacionar fora e atravessar a ponte de cerca de 500m a pé. Lá só restaram 12 famílias e bem pouco movimento. Parece uma cidade de anão! Incrível demais – foi uma das minhas preferidas.

2 – Montepulciano – muito conhecida pelos (deliciosos) vinhos. É uma cidade medieval um pouco maior e bem mais turística e é realmente LINDA. Lá tem degustação de vinho pra todos os lados, então se o intuito é bebericar, pode ir na fé.

3 – Chianciano Terme – foi uma das nossas paradas para passarmos a noite. Escolhemos ela por ser menorzinha e ter muitas opções de hotel, mas em si, é uma cidade menos “interessante”.

4 – Valdichiana – passamos por ela bem por acaso e já era muito tarde, mas ficamos encantados. Suas ruazinhas minúsculas carregam muita história e uma beleza rara.

5- Montalcino – com seus 5000 habitantes, é uma gracinha de cidade e com paisagens lindas. Em cada ruazinha, voce tem uma vista inacreditável do Val d’Orcia e fica de queixo caído. Dica preciosa: o vinho Brunello de Montalcino é surreal hihi

6- Siena – não nego que foi a que mais me decepcionou. Tem MUITA coisa pra ver, mas a arquitetura é bem diferente. Suas ruas são mais escuras e antigas, mas tem belissimas construções e um peso histórico bem forte. Vale a visita, mas perca mais tempo pelas estradas e em cidades menores! Ps: Foi o lugar que comi minha melhor refeição, mas fica pra outro post 😉

7- Greve in Chianti – uma das preferidas, sem sombra de dúvidas. Encontramos um lugarzinho pra dormir que foi a coisa mais espetacular do mundo. Era uma casa, que a muitos anos atrás funcionava como fábrica de pães e massas. Alugamos por míseros 50 euros a diária e era gigante e muito linda. A cidade é encantadora e tem uma pracinha rodeada de restaurantes que servem o Aperitivo e comidas típicas. Essa TEM que passar!!

Dica: nossa casinha chamava Antico Pastificio Ulisse Mariotti. Cuidado pq em alta temporada o preço triplica!!

8- Strada in Chianti – fizemos uma pausa para um café e descobrimos uma cidadezinha encantadora. Paramos em um pracinha que tinha uma loja de 1863, onde a tradição dos pães artesanais se mantiveram e tivemos o prazer de ver tudo sendo preparado na hora.

9- Florença – ahh, Florença… Perdemos (ou melhor, ganhamos) dois dias nessa linda cidade. Ela cheira história e jovialidade. Sua agitação encanta e domina qualquer coração. Alugamos um ap pelo Airbnb e fizemos TODA a cidade a pé. Fomos a todos os pontos turísticos e nos perdemos por várias ruazinhas. Foi uma das melhores paradas e de fato, tem que ir e desbravar tudo andando (até mesmo por ser humanamente impossível estacionar nessa cidade).

10- Proceno – nossa última parada, já na volta para Roma. Arriscamos pelo Airbnb e demos de cara com uma cidade com 632 habitantes. Sim, quase uma cidade fantasma, mas foi o lugar que mais me encantou. Não tem nada pra fazer e muito pouco pra conhecer, mas alugamos uma casinha com lareira e curtimos o friozinho, tomando vinho e nossa própria cia. É PERFEITA para quem quer romance e curtir com o love.

 

E então voltamos a Roma. Aproveitamos os últimos dias para rever alguns pontos turísticos e ainda aproveitamos para ver o PAPA!!

 

 

Sim, conseguimos ver o Papa. Toda quarta feira, em torno de 10h30 é realizada uma Audiência na Praça de São Pedro, onde ele passa no seu super carro papamóvel e passa bem pertinho. É realizada em diversas línguas e tem duração de aproximadamente 1h30 – 2h00.

 

 

 

 

Voce tem duas alternativas:

1- Solicitar o ingresso que é gratuito e te dá chance 100% de estar lá.

2- Arriscar e chegar antes. E foi o que nós fizemos. Chegamos as 8h45 para pegar lugar e conseguimos em uma ótima localização. A praça enche, por isso é muito importante chegar antes.

É realmente MUITO emocionante e se voce estiver em Roma, vale a pena aproveitar essa cerimônia no Vaticano.

 

Finalmente, nossa viagem acabou, mas as memórias vão ficar muito guardadas! Foram os melhores 10 dias da vida e eu já estou morrendo de saudades.

Ah, não falei de COMIDA né? Mas aguarde que em outro post vai ter bastante coisa sobre isso, com dicas, história, hábitos e etc.

 

DICAS VALIOSAS

1- Roma Pass: Ticket que da direito a transporte público e entrada em alguns pontos turísticos. O mais vantajoso é que voce tambem fura algumas filas e consegue se locomover com muita facilidade. Voce pode escolher o de 48hrs ou 72hrs. Eles são vendidos em pontos específicos ou on line (www.romapass.it).

2- Airbnb: Pode ir sem medo. Escolha seu destino, veja a classificação e comentários e manda bala.

*Nós ficamos em 3 apartamentos que alugamos pelo aplicativo e foi tudo PERFEITO. www.airbnb.com

3- Coma em casa: Se voce for fazer uma refeição fora de casa, vai gastar em média €50,00 euros para duas pessoas, com prato principal e bebida. Se voce fizer isso 2 vezes ao dia, são €100,00 euros = R$370,00.

*Nós optamos por fazer café da manhã em casa, almoço na rua e janta em casa e economizamos demais ! Até mesmo por termos optado comer os pratos típicos fora. Se é pra comer salada ou grelhado, eu como em casa mesmo.

4- Aluguel de carro: Alugue o carro antes, pois se o fizer na hora, o valor acaba sendo mais alto. Procure tambem algum ponto próximo a voce, pois as vezes pode ser furada pegar o carro muito longe.

*Nós alugamos pelo Auto Europe (www.autoeurope.com) e pagamos um preço ótimo, com direito a seguro e tudo mais.

5- Faça tudo a pé: Nas grandes cidades, nem cogite andar de carro. Roma e Florença tem um trânsito caótico e é impossível de estacionar, portanto, vale a pena deixar para pegar o carro quando for viajar e fazer o resto tudo a pé.

*Andávamos cerca de 12-16km por dia, mas realmente conhecemos TUDO, inclusive coisas que ninguem nem imagina! Esse é o mais legal de viajar nesse ritmo.

6- Só vai: Não tem destino, não tem regra, não tem roteiro…

Escolhemos Itália. O ponto de partida era Roma. Sabiamos que passariamos pela Toscana e iriamos até Florença. NADA MAIS. O resto foi tudo decidido na hora e foi INCRÍVEL.

 

Se aventure, deixe fluir. A viagem tem que ser leve, como a vida tem que ser. Aproveite todos os instantes e aproveite a Itália ! Afinal, quem tem boca vai a Roma, e nós fomos a Roma e muito mais…

Espero que tenham gostado ! 

Nos próximos posts tem mais 🙂 

Mil beijoss

 

 

 

 

 

 

 

 

No comments so far.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Website Field Is Optional